terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Frases

Minha solidão não tem nada a ver com a presença ou ausência de pessoas… Detesto quem me rouba a solidão, sem em troca me oferecer verdadeiramente companhia (Friedrich Nietzsche).

Se você quer que as pessoas pensem que você é muito inteligente, simplesmente concorde com elas. (Provérbio Judaico).

O homem que trabalha somente pelo que recebe, não merece ser pago pelo que faz (Abraham Lincoln).

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Um país de faz de contas.

Sempre que encontro alguém (aqui em São Paulo) que defende o atual governo (seja federal, estadual ou municipal) faço a mesma pergunta:

O que mudou para você de 8 anos para cá? - (Nota: Qualquer semelhança com o tempo do Lula no governo NÃO é mera coincidência!!!).

E sempre escuto e mesma resposta: - Mudou muito!!!

E o diálogo segue. 99,99% das vezes conforme descrevo abaixo:

Mas mudou o que? Me de algo concreto.

Ah!! o país melhorou lá fora, está bem visto pelo outros países, não devemos mais ao FMI, paramos de vender o país (privatizar)...

Ótimo, então me diga: o que melhorou para VOCÊ e SUA FAMÍLIA?

É...... é..... é, sei lá, mas se fosse o outro estava pior!!!!

Eu não estou perguntando do outro, todos são iguais, tudo farinha do mesmo saco.... Quero que me responda uma pergunta simples: O QUE MELHOROU PARA VOCÊ E SUA FAMÍLIA?? Só isso, me de algo concreto. Algo menos global.

[silêncio]

Vou te ajudar com o básico (igual fazia o Kiko no desenho do Chaves, virando o dedo no nariz do "seu" Madruga): Melhorou a Saúde?

Não.

Ahhhh Educação?

Não.

Segurança?

Não.

Ih não deu!!!

A maioria das pessoas que conheço, estão passando por dificuldades.

Quem eu conheço que poderia se beneficiar do Bolsa Família (ou outro Bolsa qualquer coisa) diz que já tentou e não conseguiu o benefício. (Seriam todos mentirosos ou faltou insistir mais??)

Comerciantes que conheço dos que não fecharam as portas cheios de dívidas, estão quase fechando.

Pessoas com quem converso que nunca haviam usado o cheque especial, já estão usando...

Gente que tinha carro e hoje anda de ônibus!

Eu mesmo, antigamente conseguia trocar de carro a cada 2 ou 3 anos por um carro zero. O primeiro paguei em 12 vezes, o seguinte em 36 vezes. E atualmente estou "tentando" pagar um em 48 vezes... E após 4 anos, não sei se conseguirei trocá-lo por um parecido com o que tenho sem parcelar igual a casa própria, em 120 meses....

E essas mesmas pessoas que dizem que melhorou, são incapazes de citar UMA melhoria. Só sabem repetir que melhorou, que o país está melhor.

Eu só queria saber o que melhorou, o que foi feito de bom que tenha beneficiado alguém, quem sabe conseguem me convencer (postando EDUCADAMENTE alguma melhora concreta) fazendo, até com que eu mude minha a opinião de que realmente vivemos em país de faz de contas.

Só que nesse novo país da fantasia, trocamos a famosa frase do começo: ERA UMA VEZ pela frase NUNCA ANTES NA HISTÓRIA DESSE PAÍS e o final famoso: VIVERAM FELIZES PARA SEMPRE virou um SEREMOS ENGANADOS PARA SEMPRE...

(Aos que defendem o governo federal: aqui em SP temos um partido no Governo do Estado há tanto tempo que nem me lembro mais qual foi o último partido diferente desse e as coisas também só pioram).

Deixem seus comentário, mas por favor, com educação!!!

Natal com trânsito consciente...

Campanha Publicitária TAC

O vídeo abaixo é composto de uma coletânea de anúncios da organização governamental australiana TAC - Transport Accident Commission, realizados nos últimos 20 anos. Em 1989, quando o primeiro foi ao ar, o número de acidentes registrados na região naquele ano era de 776. Hoje, esse número gira em torno de 300.

A TAC se dedica a financiar tratamento médico a pessoas que sofreram acidentes de trânsito e também promover a segurança nas vias. Somente as vítimas do acidente são beneficiadas. Os recursos da organização vêm da taxa anual que todo cidadão australiano deve pagar pelo seu veículo. Criação: Grey Melbourne

Fonte: http://www.190kmhecrime.com/2010/01/campanha-publicitaria-tac.html


video

Este vídeo pode ser encontrado no Youtube em: http://www.youtube.com/watch?v=Z2mf8DtWWd8

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Uma esmola pelo amor de Deus

Mais um texto para reflexão. Do site: http://www.oteatromagico.mus.br/novo/blogs/view/900

26/09/08 9:13:58 - Por: Thiago Andrade


"Uma esmola pelo amor de Deus"

A miséria que leva milhares de cidadãos brasileiros à mendicância é, sem dúvida, um dos mais graves problemas sociopolíticos da nossa nação.

Andando pelas ruas de Campina Grande, sou repetidas vezes surpreendido por mãos clementes que, num ato de submissão animalesca, demonstrando a sua constante defesa passiva aos ataques da sociedade, seja através de xingamentos ou até mesmo da indiferença com que são tratados, se estendem seguidas pelo discurso: "dê-me uma ajuda...".

Se ele pede, talvez tenha fome.

Mas o que sentimos quando vemos um mendigo bêbado ou com um cigarro na boca? Revolta? Pensamos que, com o dinheiro gasto na bebida ou no cigarro, poderia comprar comida, pois tudo que ele precisa é se alimentar! O que não pensamos é que o cigarro ou a bebida pode ser a única fonte de prazer de um indivíduo que é torturado pela vida a cada segundo.

Quando somos contrariados, muitas vezes não nos embriagamos, num ato de fuga ao desprazer da frustração? E quanto a estes, jogados nas ruas, sem família, amigos ou lazer, o que farão?

A nossa revolta surge, amiúde, da vontade de submeter os que de nós dependem de alguma forma aos nossos desejos, afinal, somos nós que estamos dando a esmola! O fato de viverem de esmola parece nos levar a pensar que, tratados como animais, recebendo ração para o seu sustento, de nada mais necessitam.

Mas o que esquecemos é que, por menos que pareça, são humanos, humanos como nós, com desejos, angústias e direito a sentir prazer, seja fumando, comendo ou se embriagando, afinal o fazemos a todo instante.

Pode surgir na mente de quem me lê que faço apologia à vadiagem.

Concordo que boa parte daqueles que vivem nas ruas poderia estar desenvolvendo alguma tarefa, mas há oportunidades?

A minha idéia com esse texto é levá-los a uma reflexão acerca do que pensamos acerca daqueles que, por motivos diversos, vivem humilhados e sendo diariamente massacrados pela sociedade capitalista selvagem.

Mais em: http://ppe-psicopoetico.blogspot.com/

Calem a boca, Nordestinos

Texto para reflexão do site: http://www.crerepensar.com.br/index.php?option=com_content&task=view&id=204&Itemid=26

Calem a boca, nordestinos! (corrigido)
Por José Barbosa Junior

A eleição de Dilma Rousseff trouxe à tona, entre muitas outras coisas, o que há de pior no Brasil em relação aos preconceitos. Sejam eles religiosos, partidários, regionais, foram lançados à luz de maneira violenta, sádica e contraditória.

Já escrevi sobre os preconceitos religiosos em outros textos e a cada dia me envergonho mais do povo que se diz evangélico (do qual faço parte) e dos pilantras profissionais de púlpito, como Silas Malafaia, Renê Terra Nova e outros, que se venderam de forma absurda aos seus candidatos. E que fique bem claro: não os cito por terem apoiado o Serra... outros pastores se venderam vergonhosamente para apoiarem a candidata petista. A luta pelo poder ainda é a maior no meio do baixo-evangelicismo brasileiro.

Mas o que me motivou a escrever este texto foi a celeuma causada na internet, que extrapolou a rede mundial de computadores, pelas declarações da paulista, estudante de Direito, Mayara Petruso, alavancada por uma declaração no twitter: "Nordestino não é gente. Faça um favor a SP, mate um nordestino afogado!".

Infelizmente, Mayara não foi a única. Vários outros “brasileiros” também passaram a agredir os nordestinos, revoltados com o resultado final das eleições, que elegeu a primeira mulher presidentE ou presidentA (sim, fui corrigido por muitos e convencido pelos "amigos" Houaiss e Aurélio) do nosso país.

E fiquei a pensar nas verdades ditas por estes jovens, tão emocionados em suas declarações contra os nordestinos. Eles têm razão!

Os nordestinos devem ficar quietos! Cale a boca, povo do Nordeste!

Que coisas boas vocês têm pra oferecer ao resto do país?

Ou vocês pensam que são os bons só porque deram à literatura brasileira nomes como o do alagoano Graciliano Ramos, dos paraibanos José Lins do Rego e Ariano Suassuna, dos pernambucanos João Cabral de Melo Neto e Manuel Bandeira, ou então dos cearenses José de Alencar e a maravilhosa Rachel de Queiroz?

Só porque o Maranhão nos deu Gonçalves Dias, Aluisio Azevedo, Arthur Azevedo, Ferreira Gullar, José Louzeiro e Josué Montello, e o Ceará nos presenteou com José de Alencar e Patativa do Assaré e a Bahia em seus encantos nos deu como herança Jorge Amado, vocês pensam que podem tudo?

Isso sem falar no humor brasileiro, de quem sugamos de vocês os talentos do genial Chico Anysio, do eterno trapalhão Renato Aragão, de Tom Cavalcante e até mesmo do palhaço Tiririca, que foi eleito o deputado federal mais votado pelos... pasmem... PAULISTAS!!!

E já que está na moda o cinema brasileiro, ainda poderia falar de atores como os cearenses José Wilker, Luiza Tomé, Milton Moraes e Emiliano Queiróz, o inesquecível Dirceu Borboleta, ou ainda do paraibano José Dumont ou de Marco Nanini, pernambucano.

Ah! E ainda os baianos Lázaro Ramos e Wagner Moura, que será eternizado pelo “carioca” Capitão Nascimento, de Tropa de Elite, 1 e 2.

Música? Não, vocês nordestinos não poderiam ter coisa boa a nos oferecer, povo analfabeto e sem cultura...

Ou pensam que teremos que aceitar vocês por causa da aterradora simplicidade e majestade de Luiz Gonzaga, o rei do baião? Ou das lindas canções de Nando Cordel e dos seus conterrâneos pernambucanos Alceu Valença, Dominguinhos, Geraldo Azevedo e Lenine? Isso sem falar nos paraibanos Zé e Elba Ramalho e do cearense Fagner...

E Não poderia deixar de lembrar também da genial família Caymmi e suas melofias doces e baianas a embalar dias e noites repletas de poesia...

Ah! Nordestinos...

Além de tudo isso, vocês ainda resistiram à escravatura? E foi daí que nasceu o mais famoso quilombo, símbolo da resistência dos negros á força opressora do branco que sabe o que é melhor para o nosso país? Por que vocês foram nos dar Zumbi dos Palmares? Só para marcar mais um ponto na sofrida e linda história do seu povo?

Um conselho, pobres nordestinos. Vocês deveriam aprender conosco, povo civilizado do sul e sudeste do Brasil. Nós, sim, temos coisas boas a lhes ensinar.

Por que não aprendem conosco os batidões do funk carioca? Deveriam aprender e ver as suas meninas dançarem até o chão, sendo carinhosamente chamadas de “cachorras”. Além disso, deveriam aprender também muito da poesia estética e musical de Tati Quebra-Barraco, Latino e Kelly Key. Sim, porque melhor que a asa branca bater asas e voar, é ter festa no apê e rolar bundalelê!

Por que não aprendem do pagode gostoso de Netinho de Paula? E ainda poderiam levar suas meninas para “um dia de princesa” (se não apanharem no caminho)! Ou então o rock melódico e poético de Supla! Vocês adorariam!!!

Mas se não quiserem, podemos pedir ao pessoal aqui do lado, do Mato Grosso do Sul, que lhes exporte o sertanejo universitário... coisa da melhor qualidade!

Ah! E sem falar numa coisa que vocês tem que aprender conosco, povo civilizado, branco e intelectualizado: explorar bem o trabalho infantil! Vocês não sabem, mas na verdade não está em jogo se é ou não trabalho infantil (isso pouco vale pra justiça), o que importa mesmo é o QUANTO esse trabalho infantil vai render. Ou vocês não perceberam ainda que suas crianças não podem trabalhar nas plantações, nas roças, etc. porque isso as afasta da escola e é um trabalho horroroso e sujo, mas na verdade, é porque ganha pouco. Bom mesmo é a menina deixar de estudar pra ser modelo e sustentar os pais, ou ser atriz mirim ou cantora e ter a sua vida totalmente modificada, mesmo que não tenha estrutura psicológica pra isso... mas o que importa mesmo é que vão encher o bolso e nunca precisarão de Bolsa-família, daí, é fácil criticar quem precisa!

Minha mensagem então é essa: - Calem a boca, nordestinos!

Calem a boca, porque vocês não precisam se rebaixar e tentar responder a tantos absurdos de gente que não entende o que é, mesmo sendo abandonado por tantos anos pelo próprio país, vocês tirarem tanta beleza e poesia das mãos calejadas e das peles ressecadas de sol a sol.

Calem a boca, e deixem quem não tem nada pra dizer jogar suas palavras ao vento. Não deixem que isso os tire de sua posição majestosa na construção desse povo maravilhoso, de tantas cores, sotaques, religiões e gentes.

Calem a boca, porque a história desse país responderá por si mesma a importância e a contribuição que vocês nos legaram, seja na literatura, na música, nas artes cênicas ou em quaisquer situações em que a força do seu povo falou mais alto e fez valer a máxima do escritor: “O sertanejo é, antes de tudo, um forte!”

Que o Deus de todos os povos, raças, tribos e nações, os abençoe, queridos irmãos nordestinos!

José Barbosa Junior, na madrugada de 03 de novembro de 2010.

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Santo Padroeiro

Tomei a liberdade de copiar do site http://www.sitelogo.com.br/pedro/jornal/index.html o texto abaixo:
(Texto extraído do Jornal "O Lírio" - Corpo de Voluntariados da AACD)

Muitas mulheres tornam-se mães por acidente, algumas por escolha e umas poucas por hábito. Este ano no Brasil, dez por cento das crianças que nasceram são deficientes.

De alguma maneira visualizo Deus pairando no ar, sobre a Terra, selecionando seus instrumentos de propaganda com muita deliberação e atenção. Conforme observa, vai instruindo seus anjos para anotarem em um grande livro. "Para Antônio e Elizabete mande um menino. Santo Padroeiro....São Mateus. Para Francisco e Cristina, dê-lhes uma menina. Santa Padroeira... Santa Cecília. Daniel e Sônia,.... gêmeos. Santo Padroeiro... dê-lhes São Geraldo, ele já está acostumado a profanações".

Finalmente passa um nome ao anjo e sorri: "Dê-lhes uma criança deficiente".

O Anjo curioso pergunta:

"Por que a eles Senhor, se eles são tão felizes?!

"Exatamente por isso, poderia Eu dar uma criança deficiente à uma mãe que não soubesse sorrir? Seria cruel demais!"

"Mas ela é paciente?" Pergunta o Anjo.

"Não a quero paciente, ou mergulhará num mar de autopiedade e desespero. Uma vez passado o impacto do choque e do ressentimento, ela saberá controlar a situação. Eu a estive observando: Tem a sensibilidade e independência tão raras e necessárias a uma mãe. Veja a criança que vou lhe dar, ela terá seu próprio mundo, e isso não é fácil."

"Mas Senhor, nem mesmo sei se ela acredita na sua existência!"

Deus sorriu, "não importa, nisso posso dar um jeitinho. Sim, ela é perfeita! Tem o egoísmo suficiente."

O Anjo assustou-se: Egoísmo? E isso é virtude?"

Balançando a cabeça afirmativamente Deus respondeu: Se ela não conseguir separar-se ocasionalmente de seu filho, não sobreviverá.

Sim, aqui está a mulher que abençoei com uma criança menos que perfeita. Ela ainda não tem consciência disso, mas é uma escolhida.

Ela nunca desprezará uma palavra dita, nunca considerará um passo como corriqueiro. Quando seu filho pela primeira vez puder dizer "MAMÃE", ela presenciará um milagre e saberá que é um milagre. À ela darei o Dom de ver claramente o que eu vejo, ignorância, crueldade, preconceito ... e dar-lhe-ei o Dom de passar sobre elas, nunca estando sozinha. Estarei a seu lado cada minuto de cada dia de sua vida, porque ela estará fazendo meu trabalho tão bem como se estivesse aqui a meu lado."

"E o Santo Padroeiro, quem será?" Perguntou o Anjo com a caneta suspensa no ar.

Deus sorriu:

"Um espelho, para a mãe, será suficiente".

www.sitelogo.com.br/pedro

Primeiro e-mail verdadeiro que recebo...

Sempre recebo muitos e-mails falsos: de pessoas doentes ou com doenças raras, de vírus de computador que destruirão o mundo (ou só sua HD), entre outros... Acredito que não preciso dar exemplos, pois, quem está lendo este post também os recebe diariamente.

Mas hoje recebi um email com o título: FICA SEMPRE UM POUCO DE PERFUME... que como sempre vem com a frase final: Repassem para todos... blá, blá, blá...... (quem não souber do que estou falando mande um email pra mim que eu repasso uns 200 nesse mesmo formato.....).

E o que mais me aborrece é que todos repassam este tipo de e-mails (sem falar das correntes), sem mesmo fazer uma busca na internet sobre o assunto...

Voltando ao e-mail que recebi, fiz, como sempre faço: busco na internet (para tentar mostrar a quem envia que se trata de um e-mail falso e assim ver se as pessoas param de "re-"enviá-lo), mas dessa vez (pela primeira vez) quebrei a cara. A história (em partes) é verdadeira, podem conferir neste site: http://www.e-farsas.com/artigo.php?id=88 ou diretamente no site que os pais criaram para ele:



Abaixo o texto do e-mail, sem quebras de linha:

"LEIA!!! FICA SEMPRE UM POUCO DE PERFUME...Importantíssimo! Divulguem, é muito importante. Estranho caso clínico O parto foi através de cesariana, pois até a data prevista 31/3 não houve sinais, então optamos pela cirurgia. Pedro nasceu muito bem. Chorou logo e teve nota 9 de Apgar. Nasceu com 48 cm e pesou 3,430kg. Seu primeiro ano de vida foi ótimo, com desenvolvimento perfeito e nenhuma doença.
Sentou com cinco meses, andou com 11 meses, disse as primeiras palavras com 7 meses e antes disso já emitia sons naturais de um bebê. Com um ano e dois meses, certa tarde durante o sono, Pedro acordou assustado como estivesse se engasgando.. Isso se repetiu por mais alguns dias até que fomos ao médico. Este viu uma crise, suspeitou de refluxo-gastresofágico e solicitou alguns exames. Nesta época, estas crises aconteciam mais ou menos 10 vezes ao dia e duravam aproximadamente 15 segundos. Como os exames não acusaram nada, por indicação do médico, procuramos um neurologista infantil que disse tratar-se de crises convulsivas. Fizemos um primeiro eletro encefalograma que foi normal. Procuramos o Dr.Salomão Schwartzmam, que o avaliou e considerou-o logicamente perfeito. Nesse período, as crises aumentavam em quantidade e intensidade. Assim, em agosto de 90 ele foi internado na UTI pela primeira vez com aproximadamente uma crise a cada 3 minutos. Ficou no Hospital 20 dias e saiu com as crises mais controladas. Fez uma Tomografia Computadorizada que foi normal. O segundo eletro acusou foco irritadiço do lado direito cérebro. Apesar de tudo isso, seu desenvolvimento continuava normal, porém mostrava-se mais sonolento. As crises continuavam; eram crises mistas. Em outubro de 90, percebemos que ele estava sorrindo menos, chorando menos e que quando sorria, o lado esquerdo de seu rosto parecia paralisado. Em novembro de 90, percebi que ele usava menos o braço esquerdo. Os médicos chamaram de seqüelas. Em dezembro de 90, fizemos uma ressonância magnética de crânio, um exame de Fundo de Olho alguns exames para detectar erros inatos do metabolismo. Todos os exames foram normais. Nessa época, ele já apresentava dificuldade para caminhar e falava menos. Mantinha uma média de mais ou menos 20 crises por dia. No decorrer de sete meses mudamos de médicos por diversas vezes vários anticonvulsivantes foram testados. Porém o efeito nunca era totalmente satisfatório. E esteve internado mais duas vezes para controlar crises mais frequêntes Em janeiro de 91, Pedro foi internado mais uma vez e saiu do hospital sem andar, sentar ou falar. Em fevereiro, novamente foi internado com crises muito fortes, ficou 20 dias no Hospital. As crises já duravam 1 min, manifestando-se a cada 10 min. Nessa ocasião, foi medicado com cortisona e fez vários exames de Metabolismo, porém nada foi encontrado... A habilidade motora dele ficou debilitada. Quando teve alta, não segurava a cabeça, não sentava sozinho e parecia não reconhecer ninguém, além de não fixar o olhar em nada. O tempo foi passando, e com seções de fisioterapia e muito carinho Pedro foi conseguindo alguns pequenos progressos. Continuávamos nossa maratona em médicos e exames, porém nada acontecia. Suas crises ficaram um pouco mais controladas, manifestando-se somente durante o sono, aproximadamente 8 episódios por noite, com duração de cerca de 1 min. No final de 95, ele ficou alguns dias consecutivos sem apresentar crises. Nestes últimos anos, repetiu alguns exames, porém nada de novo foi encontrado. Teve complicações pulmonares e tomou muito antibiótico. Nos últimos meses de 95, Pedro readquiriu o controle da cabeça e ganhou maior firmeza no tronco. Passou a fixar o olhar nas pessoas e objetos, porém ainda não manifestando desejo de pegá-los. Seu rosto ficou mais expressivo, apesar de ainda não rir ou chorar. Em janeiro de 96, repetimos a Ressonância Magnética que se apresentou tal e qual a anterior, segundo o médico que assinou o laudo. O Dr. Fernando Arita, seu médico atual, diagnosticou que Pedro tem um cérebro um pouco menos denso do que uma criança de 7 anos. Repetimos também o eletro encefalograma, que se apresentou bem melhor que o anterior, com crises mais localizadas. Fizemos também, um estudo de Cariótipo (pai, mãe e filho) com a Dra.Rita de Cássia Stoco e nada foi encontrado. Disse suspeitar de Doenças Mitocondriais e sugeriu que fizéssemos um estudo de DNA. Foi feita também, uma dosagem de aminoácidos no sangue e cromatografia de açúcares na urina. Atualmente, Pedro mantém cerca de 4 crises convulsivas durante o sono, principalmente a partir das horas da madrugada. Em suas crises estica braços e pernas, gira a cabeça para a esquerda e chora.. Duram cerca de 45 segundos. Sua atenção continua fixa nas pessoas e objetos, porém não se movimenta espontaneamente. Readquiriu razoável controle de tronco, porém não senta, não fica em pé, não fala, não sorri ou chora. De dois anos para cá, desenvolveu uma escoliose bastante preocupante. Está medicado com Rivotril, Valpakine e Tryleptal. Pedro, atualmente, está com 15 anos. Durante todos estes anos, não encontramos uma resposta para o que acontece com Pedro, e, também nunca encontramos alguém com problema semelhante para trocar experiências. Se você puder ajudar, se for médico ou já conheceu alguma criança com o mesmo problema, por favor, nos escreva. Se não, passe essa mensagem para frente para que encontre o destino certo. Muito Obrigado, Liane e Manoel. Nosso endereço: Rua Conselheiro Brotero, 1559 apto 134 CEP 01232-011 São Paulo - SP - BRASIL Fone: (11) 3662.4826 PS: O simples fato de repassar esta mensagem, já é por si só, um ato de solidariedade. Peço a todas as pessoas que receberam esta mensagem que, por favor, tentem se conscientizar da necessidade que nós, seres humanos, temos de receber a ajuda um do outro. Enviem essa mensagem para todas as pessoas da sua lista, desde aquela que você escreve todos os dias, até a pessoa que você não escreve há muito tempo... Assim poderemos, quem sabe, ajudar essa família... 'Fica sempre um pouco de perfume nas mãos que oferecem rosas (...)"

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Clarice Lispector

Não me dêem fórmulas certas,

porque eu não espero acertar sempre.

Não me mostre o que esperam de mim,
porque vou seguir meu coração.

Não me façam ser o que não sou, não me convidem a ser igual,
porque sinceramente sou diferente.

Não sei amar pela metade,
não sei viver de mentiras,
não sei voar com os pés no chão.

Sou sempre eu mesma,
mas com certeza não serei a mesma pra sempre!

Clarice Lispector

Frases

Somos o que fazemos, mas somos principalmente o que fazemos para mudar o que somos (Eduardo Galeano).

Às vezes construímos sonhos em cima de grandes pessoas, o tempo passa e descobrimos que, grandes eram os sonhos e as pessoas pequenas de mais para torná-los reais (Bob Marley).

Quando vires um homem bom, tenta imitá-lo; quando vires um homem mau, examina-te a ti mesmo (Confúcio).

O homem que trabalha somente pelo que recebe, não merece ser pago pelo que faz (Abraham Lincoln).

A vida é mais simples do que a gente pensa; basta aceitar o impossível, dispensar o indispensável e suportar o intolerável (Kathleen Norris).

Se dois homens vêm andando por uma estrada, cada um carregando um pão e, ao se encontrarem, eles trocam os pães, cada homem vai embora com um... Porém, se dois homens vem andando por uma estrada cada um carregando uma idéia e, ao se encontrarem, eles trocam as idéias, cada homem vai embora com duas (Provérbio Chinês).

Me ame quando eu menos merecer, pois é quando eu mais preciso (Provérbio Chinês).

O que você faz com sua vida é somente metade da equação. A outra metade, a mais importante, é com quem você está enquanto está vivendo (do Filme Recém-Formada).
 
O que se foi não é o que mais importa, mas sim o que você faz com o que restou (Humphrey).

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Clipe e letra da música Nunca Serão - Gabriel Pensador. Tropa de Elite 2

Sem comentários....


Nunca Serão

Gabriel Pensador
Direção José Padilha


Eu caminhava pelo meu Rio de Janeiro quando alguém parou e falou:

video"Aê parceiro, me dá tua que eu quero ver se tá com cheiro que eu sou um cara honesto e detesto maconheiro"
Eu tinha acabdo de sair do banheiro e dei a mão pra ele cheirar
Mas foi uma cena bisonha
Ele cheirou a minha mão por um tempo e eu disse:
Espera, tu não é o Capitão Nascimento?
Que vergonha, meu Capitão
Procurando maconha no calçadão
Qual é a tua missão?
Eu vi teu filme mas não me leva a mal
Não me tortura assim não que eu sou um cara legal
Em certas coisas eu concordo contigo
Mas não é assim que você vai achar os grandes bandidos.
Esse país tá fodido.

Ele falou: 'Eu sei disso

Quando eu entrei na PM, eu assumi um compromisso, eu luto pela justiça
Eu também
Sem justiça não tem paz e sem paz eu sou refém
A injustiça é cega e a justiça enxerga bem
Mas só quando convém
A lei é do mais forte, no Bope ou na Febem
Na boca ou no Supremo
Que justiça a gente tem, que justiça nós queremos?

Os corruptos cassados?

Nunca serão!
Cidadãos bem informados?
Nunca serão!
Hospitais bem equipados?
Nunca serão! Nunca serão!!Nunca serão!!


Os impostos bem usados?

Nunca serão!
Os menores educados?
Nunca serão!
Todos alfabetizados?
Nunca serão! Nunca serão!!Nunca serão!!


Capitão, não sei se você soube dessa história

Que rolou num povoado peruano se não me falha a memória
Um político foi morto pelo povo
Um corrupto linchado por um povo que cansou de desrespeito
E resolveu fazer justiça desse jeito
Foi um linchamento, foi um mau exemplo
Foi um mau exemplo mas não deixa de ser um exemplo
Eu sou contra a violência mas aqui a gente peca por excesso... de paciência
Com o "rouba mas faz" dos verdadeiros marginais
Chamados de "doutor" e "vossa excelência"
Cujos nomes não preciso dizer
A imprensa publica, mas tudo indica que a justiça não lê
Diz que é cega, mas o lado dos colegas ela sempre vê
Capitão, isso é um serviço pra você

Deputado! Pede pra sair!

Pede pra sair, deputado!
Senador, pede pra sair!
(Desisto, desisto)
Vagabundo, cadê o dinheiro que você desviou dessa obra aqui?
(Eu não sei não)
Fala, Vossa Excelência, é melhor falar!
(Eu não sei)
Cadê a verba da merenda que sumiu?
02, o corrupto não quer falar não! Pode pegar o cabo de vassoura!
(Tá bom, eu vou falar, eu vou falar!)

Os corruptos cassados?

Nunca serão!
Cidadãos bem informados?
Nunca serão!
Hospitais bem equipados?
Nunca serão! Nunca serão!!Nunca serão!!

Os impostos bem usados?
Nunca serão!
Os menores educados?
Nunca serão!
Todos alfabetizados?
Nunca serão! Nunca serão!!Nunca serão!!

Conversei com o Nascimento que não pensa como eu penso mas pensando nós chegamos num consenso

Nós somos vítimas da violência estúpida que afeta todo mundo, menos esses vagabundos lá da cúpula corrupta hipócrita e nojenta
Que alimenta a desigualdade e da desigualdade se alimenta
Mantendo essa política perversa
Que joga preto contra branco, pobre contra rico e vice-versa
Pra eles isso é jogo, esse é o jogo
Se morre mais um assaltante ou mais um assaltado, tanto faz
Pra eles não importa, gente viva ou gente morta
É tudo a mesma merda
Os velhos nas portas dos hospitais, as crianças mendigando nos sinais
Pra eles nós somos todos iguais
Operários, empresários e presidiários e policiais
Nós somos os otários ideiais
Enquanto a gente sua e morre
Só os bandidos de gravata seguem faturando e descansando em paz
Enquanto esses covardes continuam livres, nós só temos grades
Liberdade já não temos mais.

Nunca serão!!! Nunca serão!!Nunca serão! Nunca serão!!Nunca serão!!Nunca serão! Nunca serão!!Nunca serão!!Nunca serão! Nunca serão!!Nunca serão.........

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Frases e Provérbios

Quem quer que se importe em aprender encontrará sempre um professor.

Aquele que econtra um bom genro, ganha um filho, mas aquele que encontrou um mau, perdeu uma filha.

Nunca se justifique, porque os amigos não precisam e os inimigos não acreditam.

Com a mentira se consegue o almoço, mas não o jantar.

Quem estuda e não pratica o que aprendeu é como o homem que lavra e não semeia.

 Eduquem as crianças e não será preciso punir os homens.

Eu estava furioso por não ter sapatos; então encontrei um homem que não tinha pés e me dei por muito satisfeito.

Não há que ser forte. Há que ser flexível.

Aquele que pergunta, pode ser um tolo por cinco minutos. Aquele que deixa de perguntar, será um tolo para o resto da vida.

Se o problema tem solução, não esquente a cabeça, porque tem solução. Se o problema não tem solução, não esquente a cabeça, porque não tem solução.

Dinheiro perdido, nada perdido; Saúde perdida, muito perdido; Caráter perdido, tudo perdido.

Espere o melhor, prepare-se para o pior e receba o que vier.

O excesso em qualquer coisa é uma falha.

Pobres são aqueles que não têm talentos; fracos são os que não tem aspirações.

Quando falares, cuida para que tuas palavras sejam melhores que o silêncio.

Uma consciência culpada não necessita de nenhum acusador.

O homem que pensa poder viver sem outro está equivocado; o homem que pensa que os outros não poderão viver sem ele, está ainda mais equivocado.

A gente tropeça sempre nas pedras pequenas, porque as grandes a gente logo enxerga.

Não ensinar ao filho a trabalhar é como ensinar-lhe a roubar.

É na necessidade que se conhece o amigo.

Uma mão lava a outra e as duas lavam o rosto.

Podemos escolher o que semear, mas somos obrigados a colher aquilo que plantamos.

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Pablo Neruda

Morre lentamente quem não viaja, quem não lê, quem não ouve música, quem não encontra graça em si mesmo.

Morre lentamente quem destrói o seu amor-próprio, quem não se deixa ajudar.

Morre lentamente quem se transforma em escravo do hábito, repetindo todos os dias os mesmos trajetos, quem não muda de marca, não se arrisca a vestir uma nova cor ou não conversa com quem não conhece.

Morre lentamente quem faz da televisão o seu guru.

Morre lentamente quem evita uma paixão, quem prefere o negro sobre o branco e os pontos sobres "is" em detrimento de um redemoinho de emoções justamente as que resgatam o brilho dos olhos, sorrisos dos bocejos, corações aos tropeços e sentimentos.

Morre lentamente quem não vira a mesa quando esta infeliz com o seu trabalho, quem não arrisca o certo pelo incerto para ir atrás de um sonho, quem não se permite pelo menos uma vez na vida fugir dos conselhos sensatos.

Morre lentamente, quem passa os dias queixando-se da sua má sorte ou da chuva incessante.

Morre lentamente, quem abandona um projeto antes de iniciá-lo, não pergunta sobre um assunto que desconhece ou não responde quando lhe indagam sobre algo que sabe.

Evitemos a morte em doses suaves, recordando sempre que estar vivo exige um esforço muito maior que o simples fato de respirar.

Somente a perseverança fará com que conquistemos um estágio esplendido de felicidade.

Do site de um grande amigo, um pouco distante, mas amigo: http://www.guardiao.cjb.net/

Edson Marques - Mude (autoria correta)

Mude,
mas comece devagar,
porque a direção é mais importante
que a velocidade.

Sente-se em outra cadeira,
no outro lado da mesa.
Mais tarde,
mude de mesa.

Quando sair,
procure andar pelo outro lado da rua.
Depois,
mude de caminho,
ande por outras ruas,
calmamente,
observando com atenção
os lugares por onde você passa.

Tome outros ônibus.

Mude por uns tempos o estilo das roupas.

Dê os teus sapatos velhos.

Procure andar descalço alguns dias.

Tire uma tarde inteira
para passear livremente na praia,
ou no parque,
e ouvir o canto dos passarinhos.

Veja o mundo de outras perspectivas.

Abra e feche as gavetas
e portas com a mão esquerda.

Durma no outro lado da cama...
depois, procure dormir em outras camas.

Assista a outros programas de tv,
compre outros jornais...
leia outros livros.
Viva outros romances.

Não faça do hábito um estilo de vida.

Ame a novidade.

Durma mais tarde.
Durma mais cedo.

Aprenda uma palavra nova por dia
numa outra língua.

Corrija a postura.

Coma um pouco menos,
escolha comidas diferentes,
novos temperos,
novas cores,
novas delícias.

Tente o novo todo dia,
o novo lado,
o novo método,
o novo sabor,
o novo jeito,
o novo prazer,
o novo amor,
a nova vida.

Tente.

Busque novos amigos.
Tente novos amores.
Faça novas relações.

Almoce em outros locais,
vá a outros restaurantes,
tome outro tipo de bebida
compre pão em outra padaria.

Almoce mais cedo,
jante mais tarde
ou vice-versa.

Escolha outro mercado...
outra marca de sabonete...
outro creme dental...
tome banho em novos horários.

Use canetas de outras cores.

Vá passear em outros lugares.

Ame muito,
cada vez mais,
de modos diferentes.

Troque de bolsa,
de carteira,
de malas,
troque de carro,
compre novos óculos,
escreva outras poesias.

Jogue os velhos relógios,
quebre delicadamente
esses horrorosos despertadores.

Abra conta em outro banco.

Vá a outros cinemas,
outros cabeleireiros,
outros teatros,
visite novos museus.

Mude.

Lembre-se de que a Vida é uma só.

E pense seriamente em arrumar
um outro emprego,
uma nova ocupação,
um trabalho mais light,
mais prazeroso,
mais digno,
mais humano.

Se você não encontrar razões para ser livre, invente-as.

Seja criativo.

E aproveite para fazer uma viagem despretensiosa,
longa, se possível
sem destino.

Experimente coisas novas.

Troque novamente.

Mude, de novo.

Experimente outra vez.

Você certamente conhecerá coisas melhores
e coisas piores do que as já conhecidas,
mas não é isso o que importa.

O mais importante é a mudança,
o movimento,
o dinamismo,
a energia.

Só o que está morto não muda!

Do site: http://www.guardiao.cjb.net/
** Conforme comentário neste post, a autoria do texto acima foi alterada...
Maiores informações vejam o link: http://www.desafiat.blogspot.com/

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Boa dica sobre como cuidar de livros

Pra quem gosta de livros, segue abaixo uma dica retirada do blog: http://organizeassim.blog.uol.com.br/arch2010-09-05_2010-09-11.html.

"ARMÁRIO/ESTANTE DE LIVROS - CHEIRO DE LIMPO

Três substâncias podem ser utilizadas para evitar o cheiro de mofo e preservar os livros: cal virgem (ótima desumidificadora), carvão vegetal (que atua também como repelente de traças e cupins) e bicarbonato de sódio (para desodorizar). Coloque-as, separadamente, em potes de vidro e distribua pelas prateleiras.
 
A cada um ou dois meses, passe o aspirador, usando a escovinha no bocal, na parte superior e na lombada dos livros. Não use espanador, que apenas espalha o pó pelo ambiente.

Para tirar o cheiro de papel velho e perfumar a estante, coloque no meio dos livros folhas de cedro usadas para trabalhos de marchetaria (encontradas nas lojas de bricolagem e material para artesanato). Atenção: a folha deve ser de madeira não tingida para não manchar o papel.

Simples Assim!!
Por: Cristina Papazian às 13h10"