sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Luís de Camões - Sobre Mudanças... (minha esposa que me mostrou)

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades...

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades,
Muda-se o ser, muda-se a confiança;
Todo o mundo é composto de mudança,
Tomando sempre novas qualidades.

Continuamente vemos novidades,
Diferentes em tudo da esperança;
Do mal ficam as mágoas na lembrança,
E do bem, se algum houve, as saudades.

O tempo cobre o chão de verde manto,
Que já foi coberto de neve fria,
E em mim converte em choro o doce canto.
E, afora este mudar-se cada dia,
Outra mudança faz de mor espanto:
Que não se muda já como soía.
(Luís de Camões)
 
Como eu, acho que muitas pessoas não sabem o que significa a palavra soía, então, soía quer dizer: A forma verbal soía ocorre no soneto de Camões «Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades». É a 3.ª pessoa do singular do pretérito imperfeito do indicativo do verbo soer (antiquado, segundo o Grande Dicionário da Porto Editora), que vem do latim 'solere'. Este dicionário diz que soer é «ter por costume». Entretanto, para o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea, da Academia das Ciências de Lisboa, significa «1. Ser comum ou usual; acontecer frequentemente. Naquelas ilhas sói chover quase todos os dias. 2. Ter por hábito ou costume fazer alguma coisa. Costumar. As pessoas da sua aldeia soem falar sem grande inibição. Como soía dizer-se "Quem tudo quer tudo perde".».
Retirado do site: http://ciberduvidas.sapo.pt/pergunta.php?id=18996

3 comentários:

  1. Como entender a linha

    Outra mudança faz de mor espanto

    Sou ucraniano, gosto de cultura portuguesa, mas parece que a expressao " de mor" e mui antiga e nao encontro dela em dicionario

    Anatoli Gorban
    Poltava
    Ucrania

    Se alguem pode me ajudar, escreva a e-mail
    anatoligorban@rambler.ru

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anatoli,
      creio que significa, maior espanto.

      Excluir